A espacialidade nos filmes da Pixar

Autores

  • Daniela Barbosa Caparelli Universidade Católica de Brasília

Resumo

Olhar atentamente para como a arquitetura está sendo representada no cinema ajuda a compreender a visão das cidades que os produtores de cinema propõem e como o público a recebe. As histórias contadas nos filmes se classificam através de cenários imaginários ou realistas. Dentro dessas categorias, o espaço urbanístico se divide entre cinco elementos da análise urbana, proposta por Lynch. Diante disso, se organiza como um estudo de caso de quatro filmes do estúdio Pixar: Procurando Nemo (2003), Ratatoulle (2007), Carros (2006) e Wall-E (2008), no qual cada longa metragem representa uma das classificações cenográficas e os elementos tratados no livro A Imagem da Cidade de Kevin Lynch.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-05-09

Edição

Seção

Artigos