EFEITOS DE DISSUASÃO DO MERCADO DE TRABALHO SOBRE O CRIME NA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE

Cristiano Aguiar de Oliveira, Daiane Arend Arcaro

Abstract


Na última década houve uma redução significativa nos totais de furtos e roubos na Região Metropolitana de Porto Alegre. Este artigo investiga as relações entre esta redução e possíveis efeitos dissuasórios do mercado de trabalho (taxa de desemprego e renda real) na região neste período. Para este fim utiliza um modelo dinâmico de séries de tempo, um Vetor de Correção de Erros com informações mensais por um período de onze anos começando em período janeiro de 2003. Os resultados indicam que existe uma tendência estocástica comum de longo prazo entre as variáveis e que variações na renda impactam os roubos e variações na taxa de desemprego alteram os furtos. A redução de um desvio padrão na taxa de desemprego é capaz de reduzir 82 furtos mensais enquanto o aumento de um desvio padrão na renda eleva em 66 roubos mensais na região.


Keywords


Crime; Mercado de Trabalho; Dissuasão; Séries de Tempo



DOI: http://dx.doi.org/10.31501/ealr.v7i2.6440

Economic Analysis of Law Review  -  ISSN 2178-0587

Creative   Commons License Catholic University of Brasília - UCB