Considerações sobre a AED de Richard Posner, seus Antagonismos e Críticas

Leonardo Martins Wykrota, Alvaro Ricardo de Souza Cruz, André Matos de Almeida Oliveira

Abstract


Embora já muito difundida, a Análise Econômica do Direito (AED) ainda sofre grande resistência, especialmente por parte dos mais afetos a teorias morais no âmbito da Teoria do Direito e do Direito Constitucional. Richard Posner, um dos principais nomes da AED no mundo, é, também, um grande alvo dos críticos dessa linha de pensamento, notadamente no que diz respeito à proposta consequencialista de seu pragmatismo, despertando fortes antagonismos. Neste trabalho, apresentamos um pouco da polêmica e das críticas em torno da AED de Posner, não sem antes contextualizar suas premissas e sua recepção no Brasil na década de 1990. Além do apanhado histórico-metodológico, a intenção é atualizar concepções imputadas ao Posner da década de 1970 sobre a relação entre Economia e Direito, afastando o “fetichismo econômico” que lhe era atribuído e enfrentando críticas atuais contra a AED, por uma leitura de Posner que nos parece “em sua melhor luz”.




Economic Analysis of Law Review  -  ISSN 2178-0587

Creative   Commons License Catholic University of Brasília - UCB