Intervenção fisioterapêutica na melhora do equilíbrio em idoso com diabetes mellitus tipo 2: uma revisão sistemática.

Fabieli Pereira Fontes, Lidiane Cristina Correia Bulhões, Bartolomeu Fagundes De Lima Filho, Juliana Maria Gazzola

Resumo


O presente estudo teve como finalidade analisar as intervenções fisioterapêuticas na melhora do equilíbrio em idosos com Diabetes mellitus tipo 2. Foi realizada uma revisão sistemática dos estudos publicados até junho de 2016 nas bases de dados eletrônicas PubMed, Scielo e Lilacs; nos meses de maio e junho de 2016, usando os seguintes descritores: "Balance", "Elderly", "Diabetes Mellitus type 2" e "Falls" . Foram encontrados 71 artigos. Após a aplicação dos filtros restaram 15 artigos. Na obtenção da amostra, deveriam ser obedecidos critérios de inclusão previamente definidos. Após a análise dos resumos, 5 estudos randomizados controlados foram selecionados para análise dos seus dados. Entre os 5 estudos selecionados, o número da amostra variou de 37 a 71 pacientes, totalizando 250 participantes. A média de idade variou de 57 a 79 anos. Dois artigos utilizaram intervenção incluindo exercícios de marcha e equilíbrio com fortalecimento. Enquanto um utilizou programa de Whole-body vibration (WBV) seguido por exercícios na plataforma vibratória, outro aplicou jogos de vídeo VRE (PlayStation 2; Sony, Tóquio, Japão) e um estudo apresentou intervenção de treino com exercícios aeróbios. As três variáveis mais analisadas nos estudos selecionados foram: equilíbrio, risco de quedas e marcha. Dois estudos avaliaram a força muscular e um a mobilidade articular. Após a análise dos achados desta revisão, conclui-se que os artigos apresentam diferentes intervenções fisioterapêuticas que interferem positivamente no equilíbrio produzindo resultados encorajadores na diminuição do risco de queda em indivíduos com DM2. Estes resultados têm implicações importantes para a prevenção de quedas em pacientes com DM2 em cuidados de atenção primária em saúde.

Palavras-chave


Equilíbrio, diabetes mellitus tipo 2, idoso, quedas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v27i3.10011

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement