A CAPACIDADE PREDITIVA DE INDICADORES DE COMPOSIÇÃO CORPORAL, APTIDÃO AERÓBIA E COORDENAÇÃO MOTORA SOBRE A ATENÇÃO E FUNÇÃO EXECUTIVA EM CRIANÇAS DE 6 A 11 ANOS

Rafaello Pinheiro Mazzoccante, Hugo Luca Corrêa, Beatriz Raquel Castro de Sousa, Ioranny Raquel Castro de sousa, Heitor Siqueira Ribeiro, Aparecido Pimentel Ferreira, Gislane Ferreira de Melo

Resumo


Verificar a associação e indicadores de predição do desempenho atencional e função executiva frente as variáveis antropométricas, aeróbias e motoras de crianças. Métodos: 351 estudantes com idades entre 6 a 11 anos, alunos de três escolas, duas da rede privada e uma pública situadas no Distrito Federal. Os pesquisadores realizaram 3 visitas para aplicação dos instrumentos de pesquisa, realizados de forma randomizada, sendo determinadas por sorteios. Os instrumentos de pesquisa foram aplicados dentro das dependências da escola, divididos em três blocos: 1) teste de atenção por cancelamento e teste de trilhas A e B (aplicados de forma coletiva); 2) testes de capacidade aeróbia Intermittent Recovery Test – level 1 (Yo-Yo); 3) anamnese, composição corporal e o teste Körperkoordination für Kinder (KTK). Resultados: A competência motora ?70,5 e ?69,45 escores mostrou-se preditora da atenção (área=0,63; IC=0,55-0,70) e função executiva (área=0,86; IC=0,82-0,90), respectivamente e estes indicadores representam 2,52 e 8,41 vezes mais chances de acontecerem em comparação as crianças que obtiveram menor valores de escore motor. A circunferência da cintura apresentou-se como um bom preditor da atenção (área=0,68; IC=0,61-0,76), e função executiva (área=0,61; IC=0,53-0,58), desta forma, as crianças com circunferência da cintura ? 63,5 e ? 69,5 apresentaram uma proporção de 60 a 28% maior de chances de alcançarem maiores valores de atenção e função executiva respectivamente. O percentual de gordura corporal também demonstrou capacidade de preditiva da atenção (?27,7% área=0,61; IC=0,53-0,68) e função executiva (?25,8% área=0,62; IC=0,56-0,69). Conclusão: a circunferência da cintura, percentual de gordura corporal e coordenação motora destacaram-se por apresentarem capacidade preditiva sobre o desempenho da atenção e FE. Ademais, a coordenação motora e circunferência da cintura podem ser utilizadas como indicadores de risco ou performance da atenção e FE em crianças de 6 a 11 anos.

Palavras-chave


Antropometria; aptidão aeróbia; coordenação motora; atenção; função executiva.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.31501/rbcm.v28i1.10094

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement