EXERCÍCIO COM PESOS PARA PESSOAS IDOSAS BASEADO EM EVIDÊNCIAS: PARTE II. SAÚDE MENTAL E MÚSCULO-ESQUELÉTICA, E IMUNOSSENESCÊNCIA

Vagner Raso

Resumo


É possível sugerir efeito protetor dos exercícios com pesos na saúde mental. Adicionalmente, a melhora no bem-estar global, na queixa de dores e na capacidade funcional detectada em indivíduos idosos com artrite e desordens músculo-esqueléticas relacionadas representam importantes benefícios. No momento atual do conhecimento, não existem evidências de que a prática regular de exercícios com pesos seja um preditor importante de imunocompetência. No entanto, os exercícios com pesos podem representar uma importante estratégia devido ao fato de possibilitar restauração e aumento da massa muscular. As evidências descritas permitem concluir que a adesão a um programa de exercícios com pesos representa uma das principais estratégias coadjuvantes ao tratamento da maioria das condições crônico-degenerativas comuns entre as pessoas idosas

Palavras-chave


Distúrbios músculo-esqueléticos, Exercícios com pesos, Idoso, Imunodeficiências

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v17i1.1028

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement