AVALIAÇÃO DA COMPOSIÇÃO CORPORAL EM ESTUDANTES DE ESCOLAS PÚBLICAS NO MUNICÍPIO DE ARACAJU-SE

Arley Santos Leão, Ricardo Luiz Cavalcanti de Albuquerque Junior, Sônia Oliveira Lima

Resumo


A avaliação da composição corporal é de grande relevância para se traçar estratégias de combate à desnutrição, ao sobrepeso e à obesidade. O objetivo desse estudo foi avaliar a composição corporal em escolares com idade entre 7 e 10 anos, pertencentes à Rede Estadual de Ensino, no município de Aracaju/SE. Foram avaliados 487 escolares, sendo 250 meninas e 237 meninos. A Composição Corporal foi avaliada através do Percentual de Gordura (% G), medido a partir do somatório das dobras cutâneas subescapular e tríceps. Os dados foram comparados entre si, de acordo com gênero e faixa etária dos escolares através da Análise de Variância com um fator (ANOVA ONE WAY), com nível de significância de 5% (p ? 0,05). Com relação ao Percentual de Gordura, apenas 7,6% do gênero feminino apresentaram valores categorizados como “baixos”, enquanto que em 35,8% dos meninos e 33,2% das meninas os níveis foram considerados elevados. Concluiu-se que, a despeito da maioria dos escolares ter sido categorizados com percentual de gordura ótimo, um considerável número de estudantes encontravam-se dentro de alguma faixa de risco para a saúde, em virtude de desnutrição, e principalmente do sobrepeso ou obesidade.

Palavras-chave


escolares, composição corporal, escola pública

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v18i1.1108

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement