Comparação de características morfológicas por posição defensiva de jogo de atletas de handebol do Brasil

DANIEL GIORDANI VASQUES, LUIZ FERNANDO MAFRA, BRUNO ANTONIO GOMES, ADAIR DA SILVA LOPES

Resumo


O handebol caracteriza-se pela alternância entre ataque e defesa, sendo que na defesa,
os atletas podem ser classifi cados, de acordo com o sistema defensivo, em defensores 1, 2, 3 e
avançados. Este estudo objetivou comparar características morfológicas de atletas de handebol
adultos do sexo masculino do Brasil por posição defensiva de jogo. Foram mensurados 111 atletas
das 10 equipes participantes da Liga Petrobrás 2006, competição mais importante do handebol
brasileiro. As variáveis analisadas foram massa corporal, comprimentos (estatura, envergadura,
altura tronco-cefálica e comprimento dos membros inferiores), perímetros (antebraço, braço
contraído, abdômen e perna), diâmetros (palmar, rádio-ulnar, do úmero e do fêmur), e dobras
cutâneas (tricipital, subescapular, peitoral, axilar média, supra-espinhal, supra-ilíaca, abdominal,
coxa e panturrilha). Ao comparar os atletas entre as posições defensivas, observou-se superioridade
dos defensores 3 às demais posições na massa corporal, comprimentos, diâmetros e dobras cutâneas,
e superioridade dos defensores 2 aos defensores 1 na massa corporal e nos comprimentos. Nos
perímetros, ocorreu superioridade dos atletas das posições 2 e 3 aos defensores 1 e avançados.
Por fi m, conclui-se que os atletas que marcam nas posições mais centrais da quadra possuem
características morfológicas superiores aos defensores laterais e aos avançados.
Palavras chaves: handebol, características morfológicas, posição defensiva, atletas, masculino.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v16i1.1111

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement