A CAPOEIRA NA CAPITAL DO ESTADO DE RONDÔNIA: DA QUANTIDADE DE GRUPOS À PARTICIPAÇÃO DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Maria Aparecida da Silva Emiliano, André de Castro Batista, Daniel Delani, Tatiane Gomes Teixeira

Resumo


A capoeira é uma expressão cultural afro-brasileira que mistura esporte, luta, dança, cultura popular, música e ludicidade. É sinônimo de resistência cultural e esteve presente em diferentes momentos da história do Brasil, sendo um elemento marcante na formação da identidade de povo brasileiro. Apesar de sua grande popularidade, assim como a maioria das tradições de origem africana e/ou afrodescendente, permanece marginalizada em muitas regiões do país e carece de investigações científicas a seu respeito. O presente estudo teve como objetivo investigar e descrever a realidade da capoeira na cidade de Porto Velho, capital do estado de Rondônia. no que diz respeito: a) ao número de grupos e seu público-alvo, b) à organização destes através de Federação ou associação; e c) à participação do profissional de Educação Física (EDF). Trata-se de uma pesquisa de caráter qualitativo, observacional e descritivo. Para sua realização, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com quatro professores/mestres de capoeira. A pesquisa evidenciou que na cidade de Porto Velho existem cerca de 15 grupos, mas apenas seis são considerados atuantes. Crianças e adolescentes são seu público-alvo. Somente um grupo tinha professor de capoeira graduado em EDF responsável por ministrar aulas. Quanto aos mestres, apenas um grupo possuía mestre graduado em EDF. Portanto, apesar de ser um campo de atuação oportuno ao profissional de EDF, a participação deste na capoeira da cidade de Porto Velho é pequena, quase inexistente. Acredita-se que a graduação em Educação Física poderia somar ao planejamento, entendimento de prevenção de lesões, bem como na estruturação das aulas. De outra forma, o trabalho conjunto entre professores de capoeira e profissionais de EDF, realidade identificada na presente pesquisa, também se apresenta como uma alternativa potencialmente interessante.

Palavras-chave


Lutas; Educação Física; Artes Marciais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.31501/rbcm.v29i1.11516

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement