ANÁLISE COMPARATIVA DA ATIVIDADE ELETROMIOGRÁFICA DO RETO FEMORAL EM ISOMETRIA NA POSIÇÃO INFERIOR DO AGACHAMENTO WALL SLIDE, ANTES E APÓS A APLICAÇÃO DA ACUPUNTURA NO PONTO ST45

Túlio Brandão Xavier Rocha, Guanis de Barros Vilela Junior, Gustavo Celestino Martins, Luciane Manzatto, Antônio José Grande

Resumo


O objetivo deste estudo foi fazer uma análise comparativa da atividade eletromiográfica do reto femoral em isometria na posição inferior do agachamento wall slide, antes e após a estimulação com agulha do ponto ST45. O experimento foi realizado com 10 voluntários, sendo cinco homens e cinco mulheres, com idade entre 20 e 30 anos, estudantes universitários, sem histórico de trauma no joelho ou quadril. Foi coletado o sinal eletromiográfico do reto femoral na posição inferior do agachamento em isometria para cada voluntário. Logo após, foi estimulado o ponto ST45 no sentido da tonificação por 10 minutos, estando o indivíduo sentado, e a agulha sendo girada aos cinco minutos. Em seguida, foi repetido o procedimento de coleta do sinal. Os valores de potencial elétrico, amplitude e ângulo de fase foram analisados. Foram encontradas diferenças significativas (p<0,05) entre o exercício pré e pós acupuntura para cada indivíduo apesar destas variações não terem seguido nenhum padrão. A acupuntura aplicada no ponto mais distal do meridiano agiu na modulação da contração do reto femoral e, provavelmente, na modulação da ação dos músculos sinergistas, alterando a estratégia de movimento adotada por cada voluntário. O fato de não ter havido um padrão nas alterações refletem diferentes estratégias de movimento entre os voluntários. A análise da variável ângulo de fase não foi conclusiva neste estudo, sugerindo que seja um processo estocástico.

Palavras-chave


acupuntura; eletromiografia, agachamento

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v20i4.2413

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement