TREINAMENTO AERÓBIO EM INTENSIDADE LEVE À MODERADA ALTERA POSITIVAMENTE O PERFIL METABÓLICO E SUBSTRATOS TECIDUAIS EM RATOS ALIMENTADOS COM DIETA HIPERLIPÍDICA - DOI: http://dx.doi.org/10.18511/0103-1716/rbcm.v21n1p66-74

Fabricio Cesar de Paula Ravagnani, Christianne de Faria Coelho-Ravagnani, Fabricio Azevedo Voltarelli, Mariana de Oliveira, Luiz Fabrizio Stoppiglia, Celso Massaschi Inouye

Resumo


RESUMO: O presente estudo verificou os efeitos do treinamento aeróbio em intensidade leve à moderada sobre o perfil metabólico e substratos teciduais de ratos alimentados com dieta hiperlipídica. Dezenove ratos Wistar machos foram alimentados com dieta chocolate durante 2 meses após o desmame e separados em 2 grupos: Exercício Chocolate (EC) (n=9) e Sedentário Chocolate (SC) (n=10). O treinamento consistiu de natação (8 semanas, 5dias/semana, 1h/dia, sobrecarga equivalente a 2% do peso corporal). Ao final do experimento, os ratos foram eutanasiados para a determinação das concentrações séricas de glicose, AGL, triglicerídeos, colesterol total, HDL e LDL; nos tecidos muscular e hepático foram mensurados os conteúdos de glicogênio e triglicerídeos. O treinamento reduziu os triglicerídeos séricos e hepáticos bem como o ganho de peso corporal; ainda, aumentou o conteúdo de triglicerídeos musculares. Concluímos que o treinamento aeróbio em intensidade leve à moderada alterou positivamente o perfil metabólico e os substratos teciduais dos ratos alimentados com dieta hiperlipídica.

Palavras-chave


treinamento físico moderado; rato; dieta hiperlipídica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v21i1.3441

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement