ANÁLISE DA PLASTICIDADE MUSCULAR DE RATOS SUBMETIDOS A UM PROTOCOLO DE TREINAMENTO FÍSICO CONCORRENTE

Alexandre Roveratti Spagnol, Olga Cristina De Mello Malheiro, Robson Chacon Castoldi, Diego Grando Moret, Rafael Gavassa de Araújo, Marcelo Papoti, Regina Celi Trindade Camargo, José Carlos Silva Camargo Filho

Resumo


RESUMO: O objetivo do presente estudo foi analisar as adaptações morfofisiológicas das fibras do músculo sóleo de ratos machos submetidos a oito semanas de treinamento concorrente. Foram utilizados 15 ratos Wistar machos, divididos em três grupos, com cinco animais cada: linha de base (LB), controle (C) e treinado (T). O protocolo de treinamento foi realizado três vezes por semana, durante oito semanas e consistia em 30 minutos de natação (treinamento de resistência aeróbia) seguidos, após um minuto de intervalo passivo, de quatro séries de 10 saltos aquáticos (treinamento de força), com um minuto de intervalo passivo entre as séries. Pré treinamento, os animais foram submetidos a um teste de lactato mínimo (LM) para a determinação da sobrecarga correspondente ao treinamento de resistência aeróbia (TRA). Além disso, a sobrecarga utilizada no treinamento de força (TF) foi correspondente a 50% da massa corporal total (MCT) de cada animal. Para observação das alterações morfofisiológicas das fibras musculares, utilizou-se o método de marcação interativa por meio do programa AxioVision 4.8. Para testar a normalidade dos dados, foi utilizado o tesde de Shapiro-Wilk, sendo a normalidade não comprovada, optou-se pela utilização do teste não paramétrico de Kruskal-Wallis, seguido do pós-teste de Dunn (STATISTICA 7®). Após as análises, observou-se que as fibras musculares dos animais do grupo T apresentaram maior mediana (6483,4 µm2) quando comparadas com as fibras dos grupos LB (2690,3 µm2) e C (5911,6 µm2). Assim sendo, pode-se concluir que oito semanas de treinamento concorrente causam hipertrofia nas fibras do músculo sóleo de ratos Wistar.
Palavras-Chave: Exercício; Morfologia; Músculo Esquelético.

Palavras-chave


Exercício; Morfologia; Músculo Esquelético.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v20i3.3607

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement