AUTOPERCEPÇÃO DE COMPETÊNCIA PEDAGÓGICA DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO INCLUSIVO - DOI: http://dx.doi.org/10.18511/0103-1716/rbcm.v21n2p123-134

Valmor Ramos, Vinicius Zeilmann Brasil, Ciro Goda, Thais Emanuell daSilva Barros, Jorge Both

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar a Autopercepção de competência pedagógica de 33 professores, da rede municipal de ensino de Florianópolis, frente ao ensino inclusivo nas aulas de Educação Física regular. Utilizou-se, como instrumento, um questionário composto por 46 questões, para obter dados biográficos e da Autopercepção de competência profissional em Educação Física. Os dados foram tratados com estatística descritiva e inferencial, teste “t” de Student e Qui-quadrado. Verificou-se que os professores perceberam-se menos competentes ao nível das dimensões Conhecimentos do que das dimensões Habilidades e que a experiência de intervenção com alunos com deficiência não interferiu no nível de autopercepção de competência profissional.

Palavras-chave


Autopercepção de competência; Educação Física; Professor; Inclusão.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v21i2.3906

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement