CONFIABILDADE DA FOTOGRAMETRIA NA MEDIDA DO DESLOCAMENTO VERTICAL DA ALÇADA DE EGG NO NADO SINCRONIZADO - DOI: http://dx.doi.org/10.18511/0103-1716/rbcm.v21n3p80-87

Renato Carvalho Guerreiro, Eurico Peixoto César, Roberta Périllier, Carlos Alexandre Assis, Tony Meireles Santos

Resumo


A alçada de egg (AE) é um movimento típico do nado sincronizado, caracterizado pela projeção da atleta para cima, onde o deslocamento vertical (DV) é fator de grande relevânica no julgamento do desempenho. Devido a sua aplicabilidade prática e precisão, o metodo da fotogrametria foi escolhido para determinação do deslocamento vertical. O objetivo foi calcular a confiabilidade intra e inter avaliadores do método (fotogrametria) e da medida de deslocamento vertical durante a AE. Participaram 10 atletas da Seleção Brasileira de Nado Sincronizado (20,9 ± 2,3 anos; 163,1 ± 4,5 cm; 56,0 ± 4,4 kg e 19,0 ± 3,1% de gordura corporal). Para a determinação da confiabilidade foram utilizados o coeficiente de correlação intra-classe (CCI) e o erro típico da medida (ETM) absoluto e relativo. O método apresentou CCI de 0,995 e 0,993 para análise intra e inter avaliadores, respectivamente, e ETM de 0,5% para ambas as condições. Na consistência interna da AE, constatou-se uma média CCI de 0,94 ± 0,03 e ETM 0,34% ± 0,07%, e para estabilidade encontrou-se CCI médio de 0,87 ± 0,04; ETM 0,49% ± 0,06%. Concluiu-se que o método apresentou valores altos intra e inter avaliador, e a medida apresentou valores moderado para a estabilidade e alto para consistência interna.

Palavras-chave


reprodutibilidade dos testes; potência; fotogrametria

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v21i3.3941

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement