EFEITO AGUDO DA SUPLEMENTAÇÃO DE CAFEÍNA SOBRE O DESEMPENHO FÍSICO DURANTE TESTE INCREMENTAL DE ESFORÇO - DOI: http://dx.doi.org/10.18511/0103-1716/rbcm.v22n1p51-57

Andréa Pessa de Carvalho Fonseca, Thais Aparecida Novaes Gomes, Paulo Eduardo de Assis Pereira, Paulo Henrique Silva Marques de Azevedo, Maria Fernanda Cury Rodrigues, Mateus Moraes Domingos, Yone Sato, Wagner Luiz do Prado, João Paulo Botero

Resumo


O presente estudo teve como objetivo investigar os efeitos da ingestão de cafeína (CAF) sobre a frequência cardíaca (FC), ventilação (VE) e velocidade de corrida (VC) referente à intensidade do limiar anaeróbio (LA) e velocidade máxima de corrida (Vmáx). Para tanto, oito mulheres saudáveis, ativas fisicamente realizaram dois testes incrementais máximos (TImáx) em esteira ergométrica em duas condições diferentes, sob ingestão de CAF e placebo (PLA). Para contrastar os dados, utilizou-se o teste t de Student pareado. Houve diferença significativa (P ?0,05) na VC (PLA 7,87 ± 1,72 km/h, CAF 8,50 ± 1,69 km/h), na FC (PLA 152,37 ± 21,41 bpm, CAF 167,00 ± 14,71 bpm) e na VE (PLA 31,40 ± 8,53 L/min, CAF 34,46 ± 9,52 L/min), na intensidade referente ao LA. Diferentemente, na Vmáx não foram observadas diferenças significativas na VC, FC e VE em ambas as condições. É possível concluir que a VC, FC e VE foram modificadas com a suplementação de CAF na intensidade do LA, mas não na Vmáx.

Palavras-chave


Recursos ergogênico; Exercício físico; Suplementação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v22i1.4004

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement