RELAÇÕES ENTRE COMPOSIÇÃO CORPORAL E DESEMPENHO ANAERÓBIO EM JOVENS FUTEBOLISTAS - DOI: http://dx.doi.org/10.18511/0103-1716/rbcm.v21n4p121-126

Autores

  • Sergio de Sousa Universidade Estadual de Londrina
  • Eduardo Quieroti Rodrigues Faculdade de Saúde Pública da USP
  • Dino Aguiar Cintra Filho Faculdade de Ciências e Tecnologia, Unesp de Presidente Prudente

DOI:

https://doi.org/10.18511/rbcm.v21i4.4012

Resumo

Composição corporal e desempenho anaeróbio são índices importantes para o sucesso do futebolista, haja vista que o aspecto corporal dentro dos padrões esportivos está associado a bons valores de parâmetros anaeróbios. O objetivo do presente estudo foi investigar a relação entre composição corporal e desempenho anaeróbio de jovens futebolistas. Métodos: 20 futebolistas (13,47 ± 0,12 anos; 52,35 ± 4,14kg; 162,59 ± 16,59 cm) realizaram: 1) Análise da composição corporal. 2) Sprint de 30 metros. 3) Sprint de 60 metros. 4)Teste de Saltos Verticais sem e com contramovimento (SVSC e SVCM). O tratamento estatístico se deu através do teste de Shapiro-Wilk para verificação de normalidade e, Pearson para correlação, com significância de p< 0,05 (Software Statistica7). Resultados: As variáveis de composição corporal apontaram relações entre 0,46 e 0,65, sendo que o componente ósseo apresentou o maior número de associações com o desempenho anaeróbio. Dessa forma, conclui-se que a composição corporal está relacionada com as variáveis de desempenho anaeróbio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-11-04

Edição

Seção

Artigo Original