CIÊNCIA DO ESPORTE: FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA A ÁREA DA EDUCAÇÃO FÍSICA/ESPORTES - DOI: http://dx.doi.org/10.18511/0103-1716/rbcm.v21n4p172-179

Regina Rovigati Simões, Wagner Wey Moreira, Alexandre Magno Guimarães

Resumo


A área da Educação Física e Esporte há tempos discute os seus destinos e a sua organização, assim como as possibilidades de seu(s) objeto(s) de estudo. O escrito reflete sobre a Ciência do Esporte como uma área que estuda o ser humano que conhece e se apropria de tecnologias corporais, sendo o uso destas balizado por razões e padrões culturais, bem como por valorizações sociais. Na prática dos exercícios físicos, estes devem ser sistematizados e vivenciados com regularidade, com controle e de forma intencional. Com este entendimento a formação profissional deve colocar o esporte a serviço da arte de bem viver, perspectivando o sentido de saborear, de experimentar, por isso mesmo mais do que compreender e através do esporte devemos buscar a superação, a transcendência nas suas mais diferentes formas de manifestação. A formação também deve estar centrada na ação pedagógica exercida na escola formal e capacitar professores para desenvolver teorias e práticas esportivas que reforcem ideias de solidariedade, de aprendizagem social, de auto-organização, de atitudes éticas e estéticas. É necessário aproveitar melhor o potencial social e educativo do fenômeno esportivo.

Palavras-chave


Formação Profissional; Corporeidade; Ciência do Esporte

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v21i4.4629

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement