PERFIL DE ESTUDANTES DOS ANOS INICIAIS COM DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM: IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR - DOI: http://dx.doi.org/10.18511/0103-1716/rbcm.v22n2p36-46

Laís de Cássia Nunes, Douglas Neves, Guilherme de Freitas Teodósio, Paola Moreira Floriano, Simone Lara

Resumo


Atualmente dados reportam um alto índice de reprovação em escolares nos anos iniciais do ensino fundamental e sabe-se que grande parte das escolas públicas do país não tem na grade curricular destes alunos a disciplina de educação física. Neste contexto, estudos demonstram uma relação direta entre atrasos no desenvolvimento motor, devido à falta de atividade física, e dificuldades de aprendizagem em escolares. Sabendo dos vários fatores que podem estar associados com o mau desempenho escolar destas crianças, o objetivo deste trabalho foi identificar o perfil físico, bem como os níveis de ansiedade, motivação e atenção, de estudantes nos anos iniciais com dificuldades de aprendizagem e, a partir destes dados, discutir a importância da inserção do professor de educação física. Assim, trata-se de um estudo quantitativo, de caráter transversal, onde foram incluídos 22 estudantes do sexo masculino, compreendendo uma faixa-etária de 10 à 12 anos de idade, com dificuldades de aprendizagem no contexto escolar, selecionados por professores de escolas públicas, do município de Uruguaiana/RS. Os resultados demonstraram que estes alunos apresentaram um risco para sobrepeso corporal, um alto nível de insatisfação com a imagem corporal, uma baixa motivação e um grande déficit nos níveis de atenção. Frente a estes achados a atuação do professor de educação física se faz pertinente nos anos iniciais do ensino fundamental, uma vez que o estímulo à prática de atividade física influencia positivamente sobre o perfil físico das crianças, melhorando a percepção da imagem corporal, além de atuar sobre aspectos de motivação, ansiedade e atenção, podendo melhorar o desempenho escolar.

Palavras-chave


Anos iniciais; Dificuldades de aprendizagem; Educação física escolar.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v22i2.4680

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement