INFLUÊNCIA DO APRENDIZADO E DA INFORMAÇÃO ESPAÇO-TEMPO NO DESEMPENHO DE CORREDORES EM TESTES CONTRARRELÓGIO - DOI: http://dx.doi.org/10.18511/0103-1716/rbcm.v23n1p76-87

Rodrigo Hohl, Carlos Eduardo da Silva, Júlia Barreira Augusto

Resumo


O teste contrarrelógio (TCR), ou teste de resistência com término previamente estabelecido pelas dimensões tempo ou distância, é utilizado como meio de avaliação do desempenho de corredores em uma situação com variação livre da velocidade. Tanto o aprendizado motor, isto é, a transição de uma situação nova para rotina, quanto o processamento de informações dimensionais, são aspectos cognitivos que podem influenciar o resultado do TCR. Portanto, procurou-se avaliar a influência da informação dimensional exclusiva do tempo transcorrido ou da distância percorrida na reprodutibilidade do desempenho (i.e. tempo total) entre dois TCRs em situação novidade. Adicionalmente, a estratégia de corrida de um TCR-rotina foi comparada ao TCR-novidade para avaliar a influência do aprendizado no desempenho. Para este fim, seis corredores amadores realizaram dois TCRs de 3000m (T3000) com 15 dias de intervalo como linha de base. O T3000 fazia parte da rotina dos últimos três anos de treinamento. Ao longo dos 15 dias, foram realizados duas duplicatas de TCRs-novidade com intervalos de 48h entre as repetições. Os TCRs-novidade duplicados foram testes repetidos em distâncias idênticas não vivenciadas previamente. Na duplicata 1, os corredores tiveram informação do tempo transcorrido e, na duplicata 2, da distância percorrida. Todos os corredores utilizaram aparelho GPS. Observou-se que a informação exclusiva da distância ou do tempo não influenciou a reprodutibilidade do desempenho do TCR-novidade. Contudo, os corredores apresentaram uma estratégia de corrida em “W”, com maior velocidade média, reproduzida apenas nos testes T3000-rotina. Portanto, os corredores apresentaram uma estratégia de corrida mais eficiente e específica no T3000-rotina que não foi reproduzida em distâncias similares em situação novidade. O estudo aponta para o desenvolvimento de métodos de treinamento de corrida que aprimorem a transição da habilidade apresentada na rotina de treinamento para uma situação de novidade.

Palavras-chave


teste contrarrelógio; corredores; estratégia de corrida; desempenho, aprendizado motor.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v23i1.5034

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement