O DEBATE DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA SAÚDE: ASPECTOS HISTÓRICOS E APROXIMAÇÃO À SAÚDE PÚBLICA

Jonatas Maia da Costa

Resumo


Este ensaio procurou defender a tese de que as produções teóricas da educação física avançaram rumo a um possível amadurecimento científico no âmbito de sua inserção na saúde pública. A articulação com a saúde coletiva foi o principal elemento constituidor dessa maturidade teórica. O texto enseja essa ideia por meio da recuperação das raízes históricas da relação entre a educação física e saúde e a apresentação de seu debate crítico, que pauta o afastamento de uma intervenção na saúde centrada num viés mercadológico em prol de vê-la como um direito social.

Palavras-chave


Educação Física. Saúde Pública. Saúde Coletiva.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v24i1.5872

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement