EFEITOS AGUDOS DE DIFERENTES MODALIDADES DE EXERCÍCIO AERÓBICO SOBRE OS NÍVEIS PRESSÓRICOS E GLICÊMICOS EM ADOLESCENTES OBESOS

Carolina Dertzbocher Feil Pinho, Rodrigo Sudatti Delevatti, Natália Soares dos Santos, Salime Chedid Lisboa, Vanessa Minossi, Laura Frances Pereira, Bruna Tomaschwski Perla, Luiz Fernando Martins Kruel

Resumo


Atualmente tem crescido o número de crianças com excesso de peso, implicando no aparecimento precoce de diabetes tipo 2 e hipertensão. Para prevenir isso, o exercício físico de baixo impacto pode ser uma alternativa segura e eficaz, podendo ser realizado tanto em meio aquático como em meio terrestre. Assim, o presente estudo objetivou analisar o efeito do exercício aeróbico de baixo impacto, em diferentes meios (aquático vs/ terrestre), sobre os níveis glicêmicos e pressóricos de adolescentes obesos. Trinta e dois adolescentes obesos (12,4 ± 2,5 anos; IMC: 33,1 ± 5,3 kg/m2) foram alocados randomicamente no grupo hidroginástica (n = 16) e no grupo mini trampolim (n = 16). Ambos os grupos realizaram uma sessão de exercícios com duração de 32 minutos, prescrita de forma intervalada, com intensidade de estímulo em índice de esforço percebido intenso e recuperação em índice de esforço percebido muito leve. Os desfechos de glicemia capilar e pressão arterial foram avaliados pré, pós e 30 minutos pós-exercício. Uma equação de estimativas generalizadas foi usada para analisar os níveis glicêmicos e pressóricos nos diferentes momentos e modalidades, ? = 0,05. Ambos os grupos apresentaram redução glicêmica apenas imediatamente após a sessão de exercício (p = 0,005). A pressão arterial diastólica foi reduzida em ambos os grupos cinco minutos pós-exercício (efeito tempo; p = 0,017), permanecendo assim 30 minutos pós-exercício (efeito tempo; p = 0,013), enquanto a pressão arterial sistólica foi reduzida somente 30 minutos pós-exercício (efeito tempo; p < 0,001). Conclui-se que sessões sob mini trampolim e hidroginástica, de forma intervalada, podem diminuir de forma similar os níveis glicêmicos e pressóricos de adolescentes obesos.

Palavras-chave


Adolescentes; Exercício; Baixo Impacto; Glicemia Capilar; Pressão Arterial

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v25i4.6941

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement