ATIVIDADES CIRCENSES NA ESCOLA: A PRÁTICA DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL DE CAMPINAS-SP

Leonora Tanasovici Cardani, Teresa Barragán Ontañón, Gilson Santos Rodrigues, Marco Antonio Coelho Bortoleto

Resumo


Estudos recentes mostram que as aulas de Educação Física tem sido uma das principais “portas de entrada” dos saberes circenses nas escolas, indicando um crescente interesse por parte dos professores de Educação Física pelo ensino das atividades circenses. Embora a produção acadêmica nesse tema tenha aumentado significativamente, as particularidades da “pedagogia das atividades circenses” no contexto da Educação Física escolar ainda carecem de análises específicas. Visando contribuir com este tema, o objetivo desse trabalho foi analisar o ensino das atividades circenses nas aulas de Educação Física escolar no ensino fundamental (1º ao 9º ano) em escolas municipais de Campinas-SP. Do ponto de vista metodológico realizamos uma pesquisa de campo por meio de um questionário semiestruturado online respondido por 26 professores de Educação Física da rede municipal de ensino. Os dados obtidos foram analisados por meio de uma combinação da Análise de Conteúdo e da Estatística Descritiva. Constatamos que metade dos professores ministravam aulas de atividades circenses e que dentre as fontes referenciais utilizadas os vídeos e imagens disponíveis na internet e os livros foram as mais consultadas. A manipulação de objetos (malabarismos), as acrobacias e os equilíbrios (funambulismo) são os grupos de modalidades mais abordadas nas aulas. Os conhecimentos prévios e interesses dos alunos, a complexidade das práticas, os conhecimentos específicos dos professores e os recursos materiais disponíveis representaram critérios fundamentais para a seleção das modalidades a serem ministradas. Entre os professores que não abordavam a temática, encontramos que a maioria não teve formação na área não se sentindo competente para ensinar. Nos parece, em suma, que os materiais didáticos precisam adequar-se às novas tecnologias disponíveis online, visando aproximar a produção acadêmico-científica da realidade escolar, e que é preciso atentar-te para a formação continuada dos profissionais.

Palavras-chave


Circo; Pedagogia; Ensino; Educação Física escolar.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v25i4.7723

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement