Desigualdades de gênero no esporte: narrativas sobre o lugar da mulher no surfe

Léo Barbosa Nepomuceno, Nathália da Silva Monteiro

Resumo


Gênero é uma categoria importante para o estudo sociocultural do esporte, favorecendo a discussão sobre a construção social de ideais de feminilidade e masculinidade. A presente pesquisa analisa algumas desigualdades de gênero no esporte, tomando como cenário de estudo o surfe feminino em Fortaleza (CE), Brasil. O trabalho tem, como objetivo, analisar percepções sobre o lugar da mulher no surfe, a partir de narrativas de atletas e/ou praticantes da modalidade. Trata-se de estudo de abordagem qualitativa, baseado em entrevistas narrativas junto a 14 mulheres surfistas. A análise dos dados baseou-se na análise de conteúdo do material transcrito das entrevistas, utilizando a análise temática como técnica. As narrativas permitem a identificação de várias desigualdades de gênero que subsidiam interpretações sobre o lugar social da mulher no surfe como subalterno e desprestigiado. Ademais das desigualdades que ainda se reproduzem, a participação da mulher no esporte é percebida como resistência podendo ter como consequência mudanças nas disparidades e hierarquias de gênero.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.31501/rbpe.v9i2.10175