Transições combativas entre luta, briga e brincadeira: fronteiras fenomenológicas na luta greco-romana

Autores

  • Leonardo Fernandes Coelho USP
  • Cristiano Roque Antunes Barreira USP

DOI:

https://doi.org/10.31501/rbpe.v10i2.11367

Resumo

Mediante os relatos dos lutadores de Luta Greco-romana, objetivou-se compreender como se dão suas experiências vividas na transição combativa entre brincadeira, luta corporal e briga. Para tal, foram feitas dez entrevistas sob escuta suspensiva com praticantes desta modalidade. Os relatos foram transcritos e, como via de análise, submetidos ao cruzamento intencional. De acordo com análises fenomenológicas efetuadas, durante prática Luta Greco-romana as transições combativas tematizadas podem ser descritas e estruturadas em cinco distintas experiências vivenciais de combate: Luta, Briga e Brincadeira, além das transições de Luta para Briga e de Brincadeira para Briga.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-09-14