Intervenções físicas e cognitivas combinadas para melhora cognitiva no envelhecimento: uma revisão sistemática

Angela Maria Sacramento, Isabelle Patriciá Freitas Soares Chariglione

Resumo


O envelhecimento leva a mudanças fisiológicas e funcionais, afetando as habilidades e funcionamento cognitivo dos idosos, que se beneficiam com intervenções combinadas, especialmente com o exercício físico. Esta revisão sistemática realizou a análise de 99 artigos, em espanhol, inglês e português, pelo software IRaMuTeQ, sem demarcação de tempo, utilizando-se da base MEDLINE/PUBMED, e tendo como eixos norteadores as palavras combined intervention, physical exercise, cognition e elderly, sendo elegíveis revisões sistemáticas, meta-análises, estudos experimentais ou teóricos. Foram analisados os resumos dos artigos, e os resultados evidenciaram três grandes categorias de temas (intervenção multimodal, capacidade funcional e fragilidade). Os resultados sugerem que os efeitos da intervenção combinada podem ser mais eficazes à intervenção isolada e os idosos com idade mais avançadas parece que lograram melhores benefícios. Ressalta-se que pesquisa com desenhos mais controlados em estudos brasileiros se fazem necessários para se obter mais informações a respeito do efeito e da eficácia da intervenção combinada física e cognitiva em idosos brasileiros.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.31501/rbpe.v9i1.9965