A participação no rádio como forma de contrato: uma proposta de abordagem

Pedro Paula de Oliveira Vasconcelos

Resumo


O objetivo deste trabalho é discutir a participação do ouvinte no rádio e apresentá-la como uma forma de contrato, ou seja, como uma relação intersubjetiva que aproxima mídia e público através do convencimento e da negociação de um sistema de valores. Vamos propor essa abordagem a partir de um caso específico, o do programa Debates do Povo, que convida frequentemente o receptor a intervir nos assuntos pautados. A atração é veiculada pela rádio O Povo/CBN, com sede em Fortaleza (CE), de segunda a sexta-feira. Nosso referencial metodológico será a semiótica de linha francesa, teoria que se dispõe a explicar, entre outros aspectos, os princípios que orientam as interações.


Palavras-chave


participação; rádio; ouvinte; contrato; Debates do Povo

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.31501/comunicologia.v14i1.11839