“E VAMOS DE WEBNAMORO!”: (RE)APRENDIZAGENS AMOROSAS/SEXUAIS EM TEMPOS DE COVID-19 NO TINDER

Autores

  • Alcidesio Oliveira da Silva Junior

DOI:

https://doi.org/10.31501/comunicologia.v14i1.12796

Resumo

A pandemia da Covid-19 emerge como um desafio às antigas formas de relacionamento baseadas no contato físico, impulsionando novas formas de relacionamento que rompam o isolamento social. Neste caminho, o aplicativo de paquera Tinder passa a ser um dos espaços propícios para o desenvolvimento de contatos, sejam eles mais duradouros e/ou descartáveis. Com base em uma análise cultural das experiências de sete homens gays/bissexuais usuários do aplicativo, sustentada nos Estudos de Gênero e de sexualidade e com aportes dos Estudos Culturais da Educação, percebo dois movimentos: o fortalecimento da idealização do amor romântico e o não desvencilhamento duradouro das relações descartáveis, mais contidas pelo medo e pela solidão. Estas considerações apontam para os efeitos de uma sociedade de consumo retroalimentada pelo capitalismo e produtora de subjetividades mercantilistas. Tanto o mito do amor romântico, fundamento da sociedade burguesa e substrato para estruturas sociais e culturais hegemônicas, quanto a perecibilidade das relações afetivas, são marcas de uma modernidade líquida, com uma forma fluida, sem comprometimentos rígidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alcidesio Oliveira da Silva Junior

Mestre em Educação pela Universidade Federal da Paraíba, membro do Grupo de Pesquisa em Estudos Culturais e Arte/Educação (GPCAE), do Laboratório de Experiência, Visualidade e Educação (LEVE/UFPE) e da Associação Brasileira de Currículo (ABdC). E-mail: ateneu7@gmail.com

Downloads

Publicado

2021-08-07

Como Citar

Oliveira da Silva Junior, A. (2021). “E VAMOS DE WEBNAMORO!”: (RE)APRENDIZAGENS AMOROSAS/SEXUAIS EM TEMPOS DE COVID-19 NO TINDER. Comunicologia - Revista De Comunicação Da UCB, 14(1), 140 - 159. https://doi.org/10.31501/comunicologia.v14i1.12796

Edição

Seção

Dossiê: "Novas perspectivas teóricas sobre cultura, tecnologia e educação