EDUCAÇÃO EM TEMPOS DE PANDEMIA: ENSINO REMOTO E A PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO DOCENTE NO BRASIL

Maiara Raquel Campos Leal, Guilherme de Freitas Leal

Resumo


O objetivo do artigo é elaborar uma reflexão teórica sobre educação em tempos de pandemia, fazendo uma triangulação de debate entre as especificidades do ensino remoto emergencial, o aumento da precarização do trabalho docente no contexto pandêmico e a necessidade de implementar uma gestão democrática nas instituições de ensino, principalmente em tempos de excepcionalidade educacional. A metodologia partiu de uma análise bibliográfica e documental, sendo que os resultados indicaram novas reconfigurações da precarização docente, com aspectos de youtuberização e uberização da profissão durante a pandemia, onde a gestão democrática se coloca como uma opção que conseguiria fomentar uma educação mais justa e igualitária, diminuindo as desigualdades sociais impostas pelo momento, atingindo níveis mais elevados de qualidade e eficiência no processo de ensino e aprendizagem, abarcando toda a comunidade escolar.

 


Palavras-chave


Educação. Ensino Remoto. Gestão Democrática. Pandemia. Precarização.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.31501/comunicologia.v14i1.12853