Oficinas de violão no desenvolvimento musical de um adolescente abrigado

Autores

Resumo

Este trabalho tem como objetivo descrever por meio de um relato de experiência o desenvolvimento musical de um adolescente abrigado no contexto de uma proposta de oficinas de violão musicalizador realizadas no programa de extensão (retirado para avaliação cega). A análise do desenvolvimento do participante seguiu a proposta segue o Modelo Espiral do Desenvolvimento Musical dos educadores Swanwick e Tillman (1986). O método foi o de observação e manutenção de um diário de campo, a partir do qual foram descritas parte das oficinas experienciadas pelo participante e seu desenvolvimento musical. Foram observados os níveis da espiral, seu comprometimento individual, a busca por novos aprendizados, entre outros. E descritas atividades de composição, apreciação e perfomance. Considera-se que e experiência permitiu compreender além do desenvolvimento musical processos de socialização a partir da música.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Fonseca Rocha, Universidade Federal de São João del Rei

Graduando do curso de Licenciatura em Música da Universidade Federal de São João del Rei. Ex-bolsista de Extensão do programa Música Viva: valorização da cidadania através da Música, edital PROEXT-MEC.

Larissa Medeiros Marinho dos Santos, Universidade Federal de São João del Rei

Professora do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de São João del Rei.

Downloads

Publicado

2019-05-06

Edição

Seção

Artigos