E agora, João? História de vida realçando o construto da autonomia na aprendizagem de língua estrangeira (LE)

Eduardo Dias da Silva

Resumo


A presente pesquisa, de orientação qualitativa documental, tem por objetivo analisar o per(dis)curso de aprendizagem autônoma do participante João Alves , doravante JA, sobre a perspectiva de história de vida através de análises de narrativa gravada – entrevista – em áudio de um questionário semi-aberto e semi-estruturado de acordo com Gil (1999), Bauer e Gaskell (2002) e Rosa e Arnoldi (2008), no qual faz-se uso de construto Autonomia definidos por Benson (1996), Nunan (1997) e Moura Filho (2009; 2005) no intuito de identificar quais dimensões da autonomia estão presentes no per(dis)curso do participante e quais os níveis de autonomia são/foram implementados ao longo do processo. Contudo, a Autonomia pode apresentar-se conectada a outros conceitos que não se restringem somente ao tema desta pesquisa. Assim, por meio dos resultados deste trabalho, deseja-se apontar a importância de se fornecerem oportunidades para que o aprendiz possa conhecer, refletir e discutir o seu processo de autonomia na aprendizagem de língua estrangeira (LE).

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Revista de Letras - ISSN 1982-842X

Universidade Católica de Brasília
Curso de Letras - Bloco E - Sala E011
QS 07 - Lote 01 - EPCT - Águas Claras
CEP 71966-700 - Taguatinga, DF
Brasil - (61) 3356-9139
Brasil
RevistadeLetrasUCB@gmail.com