ANÁLISE COMPARATIVA DO DESEMPENHO MUSCULAR ISOCINÉTICO ENTRE JOGADORES DE FUTEBOL E FUTSAL

Pablo Fraga Alexandre, Rodrigo Cabral Lacerda, Lysleine Alves de Deus, Fábio Tenório de Melo, Maria Gracinda dos Santos Alves

Resumo


Apesar do futebol e o futsal apresentarem-se como esportes extremamente parecidos, mostram suas características próprias de habilidades e tipologia do esforço. O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho da musculatura flexora e extensora do joelho dominante de jogadores de futebol e futsal e comparar os valores de torque máximo, trabalho, potência e relação de flexores e extensores entre uma modalidade e outra. Participaram do estudo 22 atletas de futebol e futsal da Universidade Católica de Brasília. A média de idade dos jogadores foi de 23,8 ± 4,4 anos, estatura foi de 177 ± 6,7 cm e a massa corporal de 76 ± 8 kg. Para a análise dos dados, os jogadores foram divididos em dois grupos: grupo de jogadores de futebol (n= 14) e grupo de jogadores de futsal (n=8). Não foram encontradas diferenças significativas entre o torque máximo de jogadores de futebol e os de futsal, mas os dados sugeriram que os atletas de futebol apresentam tendência de maior torque máximo e potência em baixa velocidade, em
contrapartida, os jogadores de futsal produziram maior potência e torque máximo em velocidades moderada e alta.

Palavras-chave


Avaliação isocinética, joelho, futebol, futsal

Texto completo:

PDF