ANÁLISE COMPARATIVA DO DESEMPENHO MUSCULAR ISOCINÉTICO ENTRE JOGADORES DE FUTEBOL E FUTSAL

Autores

  • Pablo Fraga Alexandre UCB
  • Rodrigo Cabral Lacerda UCB
  • Lysleine Alves de Deus UCB
  • Fábio Tenório de Melo UCB
  • Maria Gracinda dos Santos Alves UCB

Resumo

Apesar do futebol e o futsal apresentarem-se como esportes extremamente parecidos, mostram suas características próprias de habilidades e tipologia do esforço. O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho da musculatura flexora e extensora do joelho dominante de jogadores de futebol e futsal e comparar os valores de torque máximo, trabalho, potência e relação de flexores e extensores entre uma modalidade e outra. Participaram do estudo 22 atletas de futebol e futsal da Universidade Católica de Brasília. A média de idade dos jogadores foi de 23,8 ± 4,4 anos, estatura foi de 177 ± 6,7 cm e a massa corporal de 76 ± 8 kg. Para a análise dos dados, os jogadores foram divididos em dois grupos: grupo de jogadores de futebol (n= 14) e grupo de jogadores de futsal (n=8). Não foram encontradas diferenças significativas entre o torque máximo de jogadores de futebol e os de futsal, mas os dados sugeriram que os atletas de futebol apresentam tendência de maior torque máximo e potência em baixa velocidade, em contrapartida, os jogadores de futsal produziram maior potência e torque máximo em velocidades moderada e alta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pablo Fraga Alexandre, UCB

Gornalista, webdesign

Rodrigo Cabral Lacerda, UCB

Grupo de Estudo em Biomecânica do LABIOMEC e Grupo de Estudo de Força do LABEFE.

Lysleine Alves de Deus, UCB

Grupo de Estudo de Força do LABEFE.

Fábio Tenório de Melo, UCB

Grupo de Estudo de Força do LABEFE.

Maria Gracinda dos Santos Alves, UCB

Grupo de Estudo em Biomecânica do LABIOMEC.

Downloads

Edição

Seção

Edição Especial