PERFIL ANTROPOMÉTRICO DE ESCOLARES DE 10 A 14 ANOS DA CIDADE DE JOAÍMA, SITUADA NA ZONA DO MÉDIO JEQUITINHONHA - MINAS GERAIS

Carlos Eduardo Mota, Felipe Santana de Souza, Hinahiara Lopes Barreto, Jonas Emanuel Barbosa dos Santos, Jaime Tolentino Miaranda Neto, Maria de Fátima de Matos Maia

Resumo


O objetivo desta pesquisa foi traçar o perfil antropométrico de escolares de 10 a 14 anos da cidade de Joaíma, situada na zona do Médio Jequitinhonha, Minas Gerais, para verificação de obesidade nas mesmas e comparativo com pesquisa de (Miranda Neto, 2002). O estudo foi caracterizado como sendo uma pesquisa descritiva. A amostra foi composta por 282 crianças e adolescentes de 10 a 14 anos de ambos os sexos de escolas públicas, urbanas e rurais da cidade de Joaíma - MG. Para a análise descritiva foi feito o cálculo das médias, desvios padrões e o Teste T para a comparação entre escola urbana e rural e entre os sexos, através do Staticical Package for Science (SPSS) versão 16.0. O IMC médio dos meninos foi de 16,8% e o nível de percentual de gordura das meninas revelou-se em um nível de amplitude ótima (15% a 25%), aproximando-se do nível moderadamente alto. As meninas estão abaixo da media (9 kg/m2 a 22 kg/m2) por possuírem 18,2 Kg/m2.Em todas as variáveis as meninas da escola urbana possuem médias mais altas. Observou-se que a prevalência de sobrepeso e obesidade é quase nula, com apenas alguns dados acima do ideal, mas com uma proximidade muito grande da classificação ideal.

Palavras-chave


Escola urbana, escola rural, obesidade, sobrepeso

Texto completo:

PDF