COMPARAÇÃO DE DOIS PROTOCOLOS INDIRETOS NA AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE AERÓBIA DE ALUNOS DO NÚCLEO DE PREPARAÇÃO DE OFICIAIS DA RESERVA.

Lucas Cezar Vilela Mendes, Carlos Enersto Santos Ferreira

Resumo


O objetivo do presente estudo foi comparar dois protocolos indiretos na avaliação da capacidade aeróbia de alunos do Núcleo de Preparação de Oficiais da Reserva (NPOR). Para tanto, foram aplicados dois testes: T1 teste de Cooper 12 minutos e T2 de Almeida 1600 metros. A amostra foi composta por 25 alunos do NPOR do 32º GAC, unidade do Exército situada em Brasília. Os resultados apresentaram diferenças estatisticamente significantes entre os testes p= 0,001 (T1= 49,27 ml/kg/min-1
; T2 = 53,74 ml/kg/min-1). Recomenda-se mais estudos, principalmente comparando diferentes testes de predição do VO2máx com o teste padrão ouro.

Palavras-chave


capacidade aeróbia, testes indiretos, avaliação

Texto completo:

PDF