CORRELAÇÃO DO NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA ENTRE ACADÊMICOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA FAVENORTE – MG

Igor Rainneh Durães Cruz, Amário Lessa Júnior, Fernanda Maia Tolentino, Thatiana Maia Tolentino, Berenilde Valéria de Sousa, Maria de Fátima de Matos Maia

Resumo


O objetivo deste trabalho foi investigar o nível de atividade física dos acadêmicos do curso de Educação Física da Favenorte. Este estudo foi de caráter descritivo correlacional com corte transversal, envolvendo uma amostra de 180 acadêmicos do curso de Educação Física, sendo 90 de cada gênero, com média de idade de 25.31 anos (± 4.5), idade mínima de 18 anos e máxima de 45 anos, peso médio de 77,38 kg (±11.81), mínimo de 55 kg e máximo de 122 kg, altura média de 1,77 mts (±7.1 cm), mínima de 1.6 mts e máxima de 2 mts e IMC médio de 24.3 (± 2,9), mínimo de 17.4 e máximo de 35.8. O gênero feminino com média de idade de 25.74 anos (± 5.53), idade mínima de 18 anos e máxima de 44 anos, peso médio de 57.67 kg (±8.28), mínimo de 44 kg e máximo de 88kg, altura média de 1.63 mts (±5.98 cm), mínima de 1.53 mts e máxima de 1.80 mts e IMC médio de 21.4 (± 2.6), mínimo de 15.2 e máximo de 32.3. O instrumento foi o questionário de Baecke (1982). Os dados foram analisados pelo SPSS versão 15 for Windows apontaram o gênero masculino como mais ativo que o feminino devido à prática de atividades mais intensas e uma freqüência semanal superior ao gênero oposto.

Palavras-chave


atividade física, acadêmicos, gênero

Texto completo:

PDF