EXERCICIO, BETA-GLUCANA E SISTEMA IMUNE

Paula Ribeiro, Denis César Leite Vieira, Vitor Tajra, Jonato Prestes

Resumo


O presente trabalho teve por objetivo revisar os efeitos fisiológicos que a beta-glucana pode exercer frente às alterações imunes induzidas pelo exercício físico. Os estudos experimentais realizados com a suplementação de beta-glucana, enaltecem efeitos positivos, representado pela diminuição do desequilíbrio imune causado pelo exercício extenuante. No entanto, é necessário que outros estudos sejam realizados, especialmente correlacionando a suplementação de beta- glucana, exercícios físicos e sistema imune, e que sejam realizados também em seres humanos com vistas a melhorar a prescrição alimentar de atletas de resistência acometidos pela imunossupressão.

Palavras-chave


exercício; beta-glucana; sistema imune; atletas.

Texto completo:

PDF