Etapas preliminares de validação do instrumento de motivação para praticantes de ballet e jazz

Vinicius Barroso Hirota, Fátima Aparecida Xavier Sousa, Shirley Pires, Cintia Souza

Resumo


O objetivo deste estudo foi de oferecer resultados preliminares de validação do Instrumento TEOSQ para o Ballet e Jazz, verificando assim a orientação motivacional de metas dos praticantes destas modalidades, e contando com uma pesquisa descritiva, adaptamos o instrumento TEOSQ, contando com a participação de 64 sujeitos (média de idade de 12,65 ±3,53 anos), de uma escola de privada da Cidade de Carapicuíba – SP, e para o tratamento estatístico calculamos o coeficiente Alfa de Cronbach, média, desvio padrão e mediana dos resultados, e a fim de compara o jazz com o ballet, dentro de cada orientação motivacional, optamos em aplicar o teste de Man Whitney (p?0.05). Verificamos que em ambos os grupos existe a predominância da orientação motivacional para tarefa, no ballet com média de 4,50 (±0,89) e no jazz de 4,27 (±0,99), existindo diferença significativa entre as modalidades, revelando que no ballet os indivíduos tem efetiva tendência a tarefa sobre o jazz. Concluímos que todo o grupo que pratica ballet e jazz tem condutas positivas perante a prática corporal, sendo assim buscam sempre melhorar suas habilidades treinando mais e buscando a auto realização.

Palavras-chave


Avaliação; Motivação; Ballet; Jazz.

Texto completo:

PDF