Etapas preliminares de validação do instrumento de motivação para praticantes de ballet e jazz

Autores

  • Vinicius Barroso Hirota Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Fátima Aparecida Xavier Sousa Faculdade Nossa Cidade
  • Shirley Pires
  • Cintia Souza Reverancce Núcleo de Dança

Resumo

O objetivo deste estudo foi de oferecer resultados preliminares de validação do Instrumento TEOSQ para o Ballet e Jazz, verificando assim a orientação motivacional de metas dos praticantes destas modalidades, e contando com uma pesquisa descritiva, adaptamos o instrumento TEOSQ, contando com a participação de 64 sujeitos (média de idade de 12,65 ±3,53 anos), de uma escola de privada da Cidade de Carapicuíba – SP, e para o tratamento estatístico calculamos o coeficiente Alfa de Cronbach, média, desvio padrão e mediana dos resultados, e a fim de compara o jazz com o ballet, dentro de cada orientação motivacional, optamos em aplicar o teste de Man Whitney (p?0.05). Verificamos que em ambos os grupos existe a predominância da orientação motivacional para tarefa, no ballet com média de 4,50 (±0,89) e no jazz de 4,27 (±0,99), existindo diferença significativa entre as modalidades, revelando que no ballet os indivíduos tem efetiva tendência a tarefa sobre o jazz. Concluímos que todo o grupo que pratica ballet e jazz tem condutas positivas perante a prática corporal, sendo assim buscam sempre melhorar suas habilidades treinando mais e buscando a auto realização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinicius Barroso Hirota, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Docente do Curso de Educação Física e Nutrição da Universidade Presbiteriana Mackenzie/ Docente da Faculdade Nossa Cidade - Curso de educação Física

Fátima Aparecida Xavier Sousa, Faculdade Nossa Cidade

Aluna do Curso de Educação Física da Faculdade Nossa Cidade

Shirley Pires

Aluna do Curso de Educação Física da Faculdade Nossa Cidade

Downloads

Publicado

2014-07-17

Edição

Seção

Educação Física Pesquisa