DETERMINAÇÃO DO SENSO DE POSIÇÃO ARTICULAR DO JOELHO EM INDIVÍDUOS SAUDÁVEIS

Frederic Mallrich Junior

Resumo


Objetivo: O objetivo do presente estudo foi verificar se houve diferença na acurácia proprioceptiva em diferentes posições da articulação do joelho de sujeitos saudáveis para auxiliar na elaboração de protocolos que avaliem o desempenho proprioceptivo através do teste de reprodução da posição articular ativo. Materiais e métodos: utilizando o desenho para medidas repetidas, o estudo avaliou 26 sujeitos saudáveis com idade entre 18 e 40 anos, sem lesão no joelho, sem histórico de cirurgia ou doença neurológica. A habilidade dos sujeitos de replicar duas posições alvo foi examinada no joelho dominante dos sujeitos utilizando um dinamômetro isocinético. As duas posições alvo foram 20 e 50% da amplitude articular máxima (AAM) de cada sujeito. O teste de reprodução da posição articular ativo indicou a diferença em graus entre a posição alvo e a posição de reposição. O desempenho proprioceptivo foi avaliado pelo cálculo do erro absoluto e erro variável. Resultados: Não foram encontradas diferenças significativas entre os diferentes critérios de posição para EA e EV. Conclusão: O presente estudo concluiu que, em avaliações do senso de posição articular através do teste de reprodução da posição articular ativo, basta adotar 20 ou 50% da AAM para investigar o desempenho proprioceptivo.

Palavras-chave


propriocepção, senso de posição articular, joelho

Texto completo:

PDF