NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA E ESTADO NUTRICIONAL DE ADOLESCENTES DO ENSINO MÉDIO DE UMA ESCOLA ESTADUAL DO MUNICÍPIO DE CHAPECÓ

Autores

Resumo

A obesidade e o sedentarismo vêm aumentando em todo o mundo, já são considerados problemas da saúde pública mundial. O presente estudo tem como objetivo analisar o nível de atividade física e o estado nutricional dos escolares do ensino médio de uma escola estadual. Participaram deste estudo 42 escolares do ensino médio, de ambos os sexos em faixa etária de 15 a 21 anos. Como instrumentos de coletas de dados foram utilizados uma anamnese composta com perguntas que visavam caracterizar os participantes da pesquisa, o nível de atividade física foi avaliado por meio do Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ) e a avaliação do estado nutricional por meio do índice de Massa Corporal (IMC). A análise dos dados foi inferencial por meio da estatística descritiva, realizados no programa Statistical Package for the Social Science (SPSS®) versão 21.0 para Windows utilizando nível de significância de 5%. Nos resultados obtidos verificou-se que 80,95% dos alunos apresentam índice de massa corporal classificado como eutróficos e que 59,52% dos escolares são ativos. Conclui-se que apesar dos 40,48% dos escolares apresentarem comportamento sedentário, a maioria apresenta índice massa corporal classificado como eutróficos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliane Da Fonseca Boeno, Unoesc

Licenciada em Educação Física pela UNOESC Chapecó

Juliano Prá, Estado de Santa Catarina

Professor de Educação Básica do Estado de Santa Catarina

Paulo Pagliari, Unoesc

Mestre em Educação. Coordenador do Curso de Educação Física da Unoesc Chapecó.

Rafael Cunha Laux, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Mestre em Educação Física (UFSM) Santa Maria/RS, Especialista em Personal Training (UNOESC) Chapecó/SC. Professor do Curso de Educação Física da Unoesc Chapecó

Downloads

Publicado

2019-09-04

Edição

Seção

Aspectos Biológicos Relacionados a Saúde