EFEITOS DA PRÁTICA DO TÊNIS SOBRE O LIMIAR ANAERÓBIO E COMPOSIÇÃO CORPORAL DE INDIVÍDUOS PREVIAMENTE SEDENTÁRIOS.

Marcus Tulius de Paula Senna, José Juan Blanco Herrera

Resumo


TENNIS` EFFECTS ON CORPORAL COMPOSITION AND
ANAEROBIC THRESHOLD IN SEDENTARIES

EFEITOS DA PRÁTICA DO TÊNIS SOBRE O LIMIAR ANAERÓBIO E COMPOSIÇÃO CORPORAL DE INDIVÍDUOS PREVIAMENTE SEDENTÁRIOS

O presente estudo teve como objetivo, mensurar e comparar os valores referentes a dados coletados sobre a composição corporal e limiar anaeróbio de um grupo experimental de 15 indivíduos do gênero masculino, voluntários e sedentários, com idade entre 25 e 40 anos que foram submetidos a um programa de treinamento de tênis de campo por 12 semanas, além de um grupo controle, de idade
e características semelhantes, porém sem treinamento algum, constituído de 15 colaboradores. Os
sujeitos do estudo foram os atletas do sexo masculino, praticantes da modalidade
intensivamente meses antes das competições e comumente aos finais de semana. Os dados foram coletados no primeiro semestre de 2006, com avaliação pré-teste e pós-teste, realizadas no Laboratório de Estudo em Educação Física e Saúde (LEEFS) da Universidade Católica de Brasília. As coletas foram realizadas tanto no pré quanto no pós-teste, no mesmo período do dia (manhã ou tarde) para cada indivíduo nas duas avaliações, porém com a diferença do tempo de
treinamento (após 12 semanas).Os treinamentos foram realizados em Brasília, nas quadras de tênis da Secretaria de Esporte e Lazer, sempre com 2 (duas) sessões por
semana, com duração de 1 (uma) hora cada. Foram constatadas diferenças estatísticas significativas (p ? 0.001) para a composição corporal com diminuição do percentual de gordura. Em relação a capacidade aeróbia, obteve-se uma melhora devido ao aumento da carga no limiar anaeróbio.

Palavras-chave


Composição corporal; Limiar; anaeróbio; Treinamento desportivo

Texto completo:

PDF