Cores como informação imagética na narrativa audiovisual: tonalidades da mulher idosa em O sétimo guardião e Grace & Frankie

Autores

  • Valmir Moratelli Valmir Moratelli - Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da PUC-Rio. Mariana Dias - Doutora pelo PPGCOM da PUC-Rio. http://orcid.org/0000-0002-6071-1360
  • Mariana Dias Mariana Dias é doutora pelo PPGCOM da PUC-Rio. Email: mari.dias@gmail.com

DOI:

https://doi.org/10.31501/esf.v0i22.13105

Resumo

Este artigo analisa como a sexualidade feminina
na velhice é representada, a partir da
comparação entre texto narrativo e utilização da
paleta de cores. O objetivo é compreender
como é feita a representação da mulher idosa
nos exemplos das produções audiovisuais O
Sétimo Guardião, novela da TV Globo, e Grace
& Frankie, série estadunidense da Netflix. A
metodologia se baseia na formulação
comparativa entre as produções, na hipótese de
que um mesmo tema sofre variações na
mensagem pretendida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valmir Moratelli, Valmir Moratelli - Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da PUC-Rio. Mariana Dias - Doutora pelo PPGCOM da PUC-Rio.

Valmir Moratelli é doutorando do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da PUC-Rio. Integrante do Grupo de Pesquisa “Narrativas da vida moderna na cultura midiática – dos folhetins às séries audiovisuais”. Email: vmoratelli@gmail.com

Mariana Dias é doutora pelo PPGCOM da PUC-Rio. Email: mari.dias@gmail.com

Mariana Dias, Mariana Dias é doutora pelo PPGCOM da PUC-Rio. Email: mari.dias@gmail.com

Mariana Dias é doutora pelo PPGCOM da PUC-Rio. Email: mari.dias@gmail.com

Downloads

Publicado

2021-12-24

Como Citar

Moratelli, V., & Dias, M. (2021). Cores como informação imagética na narrativa audiovisual: tonalidades da mulher idosa em O sétimo guardião e Grace & Frankie. Esferas, (22), 376-392. https://doi.org/10.31501/esf.v0i22.13105