Seria o roteiro uma obra de arte?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31501/esf.v1i21.13445

Resumo

Ao revisar os escritos de teóricos do cinema e da literatura sobre o tema do roteiro, constatam-se duas tendências. De um lado, há uma inclinação para conceber o roteiro como uma forma de obra de arte; de outro, uma tendência a negar seu status artístico. Filósofos da arte, no entanto, têm mantido um surpreendente silêncio sobre esse tópico. Pode-se, então, de maneira razoável, intuir que o roteiro é, como ocorre com a dramaturgia, um tipo de obra dramático-literária, e que oferece modalidades de interesse estético e de estudo análogas às de seu primo teatral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ted Nannicelli, University of Queensland

Professor da Escola de Comunicação e Artes da University of Queensland, na Austrália. Ele é autor de A Philosophy of the Screenplay (New York: Routledge, 2013), entre outros livros.

Downloads

Publicado

2021-10-21

Como Citar

Nannicelli, T. (2021). Seria o roteiro uma obra de arte?. Esferas, 1(21), 28-46. https://doi.org/10.31501/esf.v1i21.13445

Edição

Seção

Dossiê Estudos de roteiro: histórias e poéticas entre a palavra e a imagem