J Horror e a Cultura Cinematográfica no Japão Contemporâneo

Thiago Soares, Filipe Falcão

Resumo


A partir do lançamento do filme Ringu, o horror japonês contemporâneo ou J Horror, tornou-se uma forma de endereçamento fílmica para o Ocidente. Obras japonesas geraram um modelo de produção logo “descoberto” e exportado por Hollywood – com refilmagens como O Chamado para um público internacional. Este artigo debate a apropriação da trama original de Ringu pelo sistema mainstream hollywoodiano, além de mapear questões ligadas à geopolítica da cultura do entretenimento no Japão.

Palavras-chave


Cinema japonês; Cultura pop; Mainstream; Indústrias Culturais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.31501/esf.v1i3.4561

DIADORIM  DOAJ  Latindex  LIVRE  Portal Capes

E-ISSN 2446-6190

REVISTA B2 (Qualis CAPES 2015)