A propriedade do Agente implícito em sentenças médias

Autores

  • Cristiany Fernandes da Silva Universidade de Brasília

Resumo

Este artigo discute a presença de um Agente implícito em construções médias. Esse argumento implícito pode ser examinado a partir das diferentes análises da formação de sentenças médias: análise pré-sintática, sintática e pós-sintática. Segundo a literatura, testes sintáticos poderiam ser usados para mostrar (ou não) a existência desse Agente implícito. Seguimos uma proposta em que a leitura do Agente é captada pelo traço Modo/Instrumento presente em alguns verbos. Argumentamos que apenas os verbos do tipo de pintar possuem esse componente. Portanto, apenas as sentenças médias formadas com esses verbos receberiam leitura de Agente implícito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-07-04

Edição

Seção

Artigos