O nome das ondas do Eletrocardiograma

Autores

  • Daniele Andrade Reckziegel Universidade Católica de Brasília
  • Luann Laykon Lobo Ferreira Universidade Católica de Brasília
  • Luciana Cortes de Oliveira Lima Universidade Católica de Brasília
  • Juliana Rodrigues Beal Universidade Católica de Brasília
  • Mariana Carneiro Figueiredo Universidade Católica de Brasília
  • Caroline Ivone Fontana Formigari Universidade Católica de Brasília
  • Osvaldo Sampaio Netto Universidade Católica de Brasília

Resumo

O Eletrocardiograma (ECG) é um dos instrumentos mais comumente usados para diagnóstico na medicina, e a razão da nomenclatura de suas ondas geralmente não é conhecida. O primeiro ECG humano, gravado por Waller em 1887 através do Eletrômetro de Lippmann, revelou apenas duas deflexões que foram denominadas V1 e V2, indicando eventos ventriculares (despolarização e repolarização). Einthoven inicialmente ao conseguir registrar a excitação atrial através de um Eletrômetro de Lippmann refinado obteve quatro ondas que nomeou de ABCD. Após melhora da aquisição e correções matemáticas obteve um novo traçado do eletrocardiograma e resolveu utilizar as letras PQRS, de forma semelhante a Descartes a rotular sucessivos pontos em uma curva e reconhecer que poderia ser descoberto novas ondas, como de fato, ocorreu com a descoberta da onda U.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniele Andrade Reckziegel, Universidade Católica de Brasília

Luann Laykon Lobo Ferreira, Universidade Católica de Brasília

Luciana Cortes de Oliveira Lima, Universidade Católica de Brasília

Juliana Rodrigues Beal, Universidade Católica de Brasília

Mariana Carneiro Figueiredo, Universidade Católica de Brasília

Caroline Ivone Fontana Formigari, Universidade Católica de Brasília

Osvaldo Sampaio Netto, Universidade Católica de Brasília

Downloads

Publicado

2012-08-11