Psicose puerperal: relato de caso.

Autores

  • Laércio Maciel Scalco Universidade Católica de Brasília
  • Monique Gomes da Silva Scalco Hospital Universitário de Brasília
  • Bruna Barros Cavalcante Universidade Católica de Brasília
  • Carlos Henrique Souza e Silva Hospital São Vicente de Paula

Resumo

A psicose puerperal é uma forma de Transtorno Psicótico Breve¹, assim classificado no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-IV), em sua quarta edição. Trata-se de doença com início geralmente abrupto, em que 2/3 das pacientes apresentam seus sintomas nas primeiras duas semanas após o parto². Pacientes que desenvolvem psicose puerperal apresentam delírios ou comportamento desorganizado que geralmente envolvem o concepto³. O caso relatado é de uma paciente de 31 anos, admitida no Hospital São Vicente de Paula (HSVP) devido a quadro de alucinações auditivas, delírios místicos religiosos e persecutoriedade. Foi estabelecido o diagnóstico de psicose puerperal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Laércio Maciel Scalco, Universidade Católica de Brasília

Graduando no curso de medicina da Universidade Católica de Brasília.

Monique Gomes da Silva Scalco, Hospital Universitário de Brasília

Residente em psiquiatria no Hospital Universitário de Brasília.

Bruna Barros Cavalcante, Universidade Católica de Brasília

Graduando no curso de medicina da Universidade Católica de Brasília.

Carlos Henrique Souza e Silva, Hospital São Vicente de Paula

Psiquiatra e preceptor do programa de residência médica em psiquiatria do Hospital São Vicente de Paula.

Downloads

Publicado

2013-08-31