DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE TREINADORES BRASILEIROS MEDALHISTAS OLÍMPICOS

Antônio Evanhoé Pereira de Souza Sobrinho, Rodrigo Freire de Almeida, Paulo Daniel Sabino Carrara, Fabrício Luís Pereira Santos, Isabel Mesquita, Mário Renato Azevedo Júnior

Resumo


O estudo acerca do coaching esportivo, apesar de escasso no Brasil, vem mostrando um amplo desenvolvimento nos últimos anos. Estudos foram realizados principalmente no contexto do desempenho, no entanto, nenhum destes abordou o desenvolvimento de treinadores brasileiros medalhistas olímpicos. Este estudo objetivou analisar as situações de aprendizagens realizadas ao longo da vida de treinadores brasileiros medalhistas olímpicos com o intuito de compreender quais destas possibilitaram aos treinadores construir e desenvolver os conhecimentos necessários para se engajar efetivamente na sua prática profissional. Utilizou-se um delineamento descritivo qualitativo do tipo múltiplos estudos de caso. Os participantes do estudo foram selecionados intencionalmente respeitando os seguintes critérios: treinadores brasileiros medalhistas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro; mais de dez anos de experiência como treinador esportivo; disposição para participar do estudo. Aceitaram fazer parte do estudo, 5 treinadores brasileiros, sendo três treinadores de esportes individuais e dois treinadores de esportes coletivos. Os dados foram coletados a partir da aplicação da Linha do Tempo e de entrevista semiestruturada. A análise dos dados foi realizada a partir dos preceitos da análise de conteúdo. Os resultados informaram a utilização de uma variedade de situações de aprendizagens mediadas, não mediadas e internas. Sendo assim, possibilitaram a identificação de um panorama de formação e desenvolvimento dos treinadores brasileiros medalhistas olímpicos, qual seja: a) possuem experiência enquanto atletas nas modalidades que atuam; b) possuem prática enquanto treinadores em outros contextos de prática; c) são formados em Educação Física; d) frequentaram cursos especializados de curta duração; e) realizam ações de prática reflexiva deliberada.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v27i3.10148

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement