CAPACIDADES E HABILIDADES MOTORAS NO JOGO DE ATLETISMO DO KINECT SPORT: AVALIAÇÃO POR MEIO DE UM GRUPO FOCAL

Kamyla Thais Dias de Freitas, Pâmella de Medeiros, Helton Pereira de Carvalho, Fernando Luiz Cardoso

Resumo


Os jogos de exergame possuem potencial para serem utilizados no desenvolvimento e aquisição de capacidades e habilidades motoras. Contudo os jogos comerciais não são projetados para essa finalidade, sendo necessário aprofundar os conhecimentos sobre esse produto. O objetivo desse estudo foi identificar as habilidades motoras fundamentais e as capacidades motoras exigidas durante a utilização de um jogo de exergame, a partir de um grupo focal. Participaram três doutores e quatro mestres com experiência na área de comportamento motor. Os avaliadores observavam um voluntário jogar e ao final respondiam um questionário. O jogo analisado foi o de Atletismo (Kinect Sports), com as modalidades de Corrida, Lançamento de Dardo, Salto em Distância, Lançamento de Disco, Corrida com Barreiras. Os dados quantitativos foram analisados por meio do Índice de Validade de Conteúdo (IVC) e do percentual de concordância dos avaliadores. Para os dados qualitativos foi utilizada a análise de discurso, sendo identificados três eixos: a) especificidade do jogo de exergame, b) padrão motor e padrão de movimento, c) resultado do jogo, feedback e correção do movimento. A coordenação motora foi a capacidade mais presente nos jogos. A atividade Corrida com Barreiras foi a que mais exige o uso de habilidades e capacidades motoras. As discussões identificaram questões sobre as diferenças entre o movimento em ambiente real e no ambiente controlado pelo jogo e sobre a qualidade do movimento realizado, entre outros aspectos. Conclui-se que em geral as capacidades motoras são mais exigidas que as habilidades motoras, e que as discussões sobre o movimento realizado nesses jogos podem auxiliar na inserção dessa ferramenta na educação física.

Palavras-chave


Jogos de Vídeo; Destreza Motora; Educação Física e Treinamento

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.31501/rbcm.v29i1.12299

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement