A DINÂMICA DO VOLEIBOL SOB AS LENTES DA PRAXIOLOGIA MOTRIZ: UMA ANÁLISE PRAXIOLÓGICA DO LEVANTAMENTO

Felipe Menezes Fagundes, João Francisco Magno Ribas

Resumo


O objetivo desse ensaio foi realizar uma análise praxiológica do levantamento, de modo a apontar seus desdobramentos na dinâmica do Voleibol, ao considerar como ponto de partida o alicerce teórico da Praxiologia Motriz. A pesquisa, teórica e explicativa, desenvolveu-se pela utilização do Sistema de Classificação e dos Universais, ferramentas de análise das práticas motrizes, as quais configuram a pesquisa como uma modelização. O Sistema de Classificação considera as relações do sujeito com os demais jogadores e com o espaço, ao passo que os Universais se constituem por sete modelos operativos que substanciam e evidenciam a lógica interna dos jogos e dos esportes. Como principais resultados, percebeu-se que o levantamento apresenta maior número de interações motrizes quando comparado aos demais momentos do jogo de Voleibol, além de não apresentar predominância de nenhum tipo de interação. Evidenciou-se que, mesmo que a conquista de pontos esteja atrelada à oposição, a eminência da cooperação para a organização ofensiva mostra-se cabal na lógica interna do Voleibol, o que remete a relevância do levantamento na construção ofensiva. Também foi possível burilar as diferentes possibilidades de ação do levantador a partir dos papeis assumidos por ele nos principais sistemas de jogo do Voleibol. Por fim, constatou-se a necessidade do levantador conhecer a linguagem do jogo, ao passo que suas tomadas de decisão serão baseadas nas constantes leituras de jogo. A partir disso, torna-se necessário a apropriação de um método de ensino que possibilite a inserção desses conceitos no processo de ensino/aprendizagem, assim como se preocupe em ensinar para a compreensão do jogo e para seu entendimento articulado em diferentes esferas sociais, caracterizando o papel da Educação Física na formação cidadã, por meio do movimento humano.

Palavras-chave


Praxiologia Motriz; Esporte; Voleibol; Levantamento

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v25i3.7575

R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement