EFEITOS DA MODELAGEM NA APRENDIZAGEM DA HABILIDADE DO CHUTE EM MENINAS DOI: http://dx.doi.org/10.18511/0103-1716/rbcm.v23n4p57-63

Eurico Barcelos dos Santos, Marta Cristina Rodrigues da Silva, Juliana Izabel Katzer, Fábio Saraiva Flôres, Sara Teresinha Corazza

Resumo


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/0103-1716/rbcm.v23n4p57-63

O objetivo do presente estudo foi verificar os efeitos da modelagem na aprendizagem da habilidade do chute em meninas, com média de idade de 7,6 ± 0,49 anos. Tarefa requeria que as participantes realizassem chutes em uma goleira com medidas de 110 x 90 cm. Foi utilizada uma bola de futebol (nº 4), indicada para idade, posicionada a uma distância de cinco até a goleira. Foram realizados, um pré-teste, aquisição com 20 tentativas de prática e retenção composta por cinco tentativas. As 33 participantes foram divididas igualmente em três grupos distintos (IV, IVD, DM), com cada grupo recebendo uma forma específica de instrução, as quais foram fornecidas antes da primeira tentativa, na fase de aquisição. Os resultados mostraram benefícios na utilização de demonstrações para a aprendizagem de uma tarefa de chute, em meninas (p=0,043). O uso de demonstrações, somada à prática, fez com que as meninas apresentassem maiores níveis de aprendizagem na tarefa. A partir dos resultados encontrados, evidencia-se a importância da utilização de métodos adequados no aprendizado de habilidades motoras.

Palavras-chave


Habilidade Motora; Aprendizagem; Crianças

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18511/rbcm.v23i4.5430


R. Bras. Ci. e Mov./ Brazilian Journal of Science and Movement